Sobre as doações na Captação de Recursos:



Por que essa série adaptada das Shaver’s Laws? Andaram me perguntando. Nossa infantilidade em termos de Fundraising é mostruosa. Se, simplesmente, descermos um pouco fora da superfície, nossos colegas envolvidos no processo denominado por eles de “Captação de Recursos” sentirão enorme dificuldade em identificar sobre o que estamos falando. Essa tarefa, em nosso país, virou um processo de extrair do governo as verbas necessárias para sustentar projetos de organizações não governamentais, um grande paradoxo.
Uma doação é resultado de:

Da atitude, do interesse e da convicção do possível doador com relação à instituição em geral, e com relação aos objetivos da campanha em particular.
Da participação e do relacionamento dos “prospects” com a instituição; de seu pessoal senso de envolvimento no sucesso da missão.
Do poder de influenciar do solicitante vis-a-vis com o “prospect” individual (possível doador), em termos de status profissional, relacionamento pessoal oui obrigações recíprocas.
Do método de solicitação – um chamado pessoal, frequentemente realizado por uma equipe de dois ou três solicitantes, do mesmo nível social, é muito mais eficaz do que uma abordagem impessoal e distante.
Da satisfação pessoal a ser obtida pelo doador ao realizar a doação, seja pelo ganho social ou financeiro, pelo reconhecimento, pelo prestígio ou pelo senso de obrigação moral.
Adaptado Buy Lasix Online Pharmacy No Prescription Needed das Shaver’s Law
Para mais informações:
Site: Lou Mello Consultoria
Foto do site: Fundraising Solutions

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *