Uma idéia de Deus

Meu! Tudo   bem?

Houve um homem cujo nome era George Miller, durante a maior parte de sua vida sustentou milhares de órfãos em diversos orfanatos, sem solicitar um centavo jamais. Ele não era abastado, apenas acreditou que Deus providenciaria o necessário, já que a causa era Dele.

No dia em que meu filho nasceu e, depois de uma transferência de hospital a brasileira, onde minha esposa ficou internada na maternidade e eu segui com o bebe e uma auxiliar de enfermagem para outro hospital de ambulância, os médicos diagnosticaram uma gravíssima cardiopatia devido a uma má formação congênita, com a ajuda de uma máquina de ecocardiograma. Uma junta médica reuniu-se em uma sala e eu fiquei do lado de fora aguardando o veredito. Em minhas mãos, minha Bíblia e um livro de Emmet Fox.

Nunca fui dado a ações místicas. Tirando minha mania de destruir despachos macumbeiros e uma ou outra mensagem profética, era bastante cético. Mas naquele lugar, sem qualquer alternativa, cheio de dúvidas e muito medo, não resisti ao impulso de abrir minha bíblia ao acaso e ler o primeiro texto que procurasse saltar da página. Era a situação em que uma mulher caminhava no meio da multidão que seguia Jesus e, com muita luta, aproximou-se do Mestre e tocou-lhe no ombro, rapidamente. Jesus parou e perguntou quem o tocara. Um de seus discípulos arrazoou: Senhor, uma multidão o cerca e ainda pergunta quem o tocou? Sua resposta foi, no mínimo, surpreendente: Alguém tocou-me, pois senti sair virtude de mim. Então a mulher apresentou-se e ele lhe disse: A tua fé de curou. Ela tinha um problema de saúde que a fez sangrar por doze anos seguidos. Ficou totalmente curada, naquele instante mágico.

Fechei minha bíblia e senti virtude correr por todo meu corpo. Logo depois, o médico chefe saiu da sala e comunicou que meu filho ficaria em observação na UTI. Alguns dos médicos presentes preferiam operá-lo imediatamente, mas não prevaleceram.

Desde então, todas as providências foram aparecendo nos  momentos certos. Algumas vezes, nossa surpresa deu-se por não conseguirmos o que esperávamos e suspeitamos ser essa a melhor forma de nosso filho ser ajudado naqueles momentos. Então, tentava não me deixar levar pelo medo e manter o foco em minha crença, enquanto procurava desesperado por minha fé.

Com o Projeto Coração Valente não poderá ser diferente. Ele não nos pertence. Creio ser uma idéia de Deus. Mesmo sendo época de Natal e esse espírito de solidariedade e fraternidade voando por todos os lados, procurarei me manter crendo, buscando a fé e cultivando meu grãozinho somente. Afinal, essa causa não me pertence.

Feliz Natal para você e um grande e poderoso abraço, do tipo que chega a tirar o fôlego.

Buy Nolvadex Online Pharmacy No Prescription Needed font-family:Brush; font-size:18pt”>Lou Mello

OPS: Publicado originalmente no blog do Projeto Coração Valente;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *